DÚVIDAS

Dúvidas Frequentes

1. O que é preciso para ter um orçamento?

Para obter um orçamento mais próximo às suas necessidades, o ideal é apresentar uma cópia de conta de luz recente, ou fornecer alguns dados: cidade, média de consumo mensal em kWh/mês ao longo do ano, e valor em R$ do kWh.

2. Em quanto tempo tenho o retorno do meu investimento?

Entre 4 e 9 anos, de acordo com a região e com o local que o sistema será instalado. Com estes constantes aumentos na conta de luz, muito provavelmente que o investimento se pagará em menos tempo que o analisado. Depois que a energia solar se paga, a energia será GRÁTIS.

3. No Paraná se paga ICMS pela energia produzida? Como ele é taxado?

Atualmente somente três estados brasileiros ainda cobram ICMS sobre a geração solar: Amazonas, Paraná e Santa Catarina.

O tributo é cobrado apenas sobre a energia injetada na rede da concessionária.

Ex.: Se meu sistema gerou 500 kWh no mês, e desse valor, utilizei instantaneamente em minha residência, 400 kWh, e sobrou 100 kWh, o tributo será cobrado apenas sobre os 100 kWh que foram contabilizados no relógio.

4. Qual é o preço de um sistema solar fotovoltaico?

O preço de um sistema solar varia de acordo com o consumo de energia do local. Para saber com exatidão, é necessária uma análise do local e uma conta de energia, assim já é possível precificar o sistema. O orçamento e analises tecnico inicial não tem custo.

5. Vou ter lucro com o sistema fotovoltaico?

Diretamente não, indiretamente sim. Pelo sistema de “net-metering” (utilizado no Brasil) só poderá trocar energia elétrica por créditos. Nunca em dinheiro propriamente dito. No entanto, terá a mesma liberdade para utilizar o dinheiro economizado com a conta de luz, tanto quanto se estivesse ganhado dinheiro de fato.

6. Qual o melhor local para colocar as placas?

Existem vários locais onde pode-se fixar uma placa solar, no telhado, no solo, numa laje, mas, sempre utilizando a estrutura de fixação correta para cada um deles. Também é melhor que os painéis estejam voltados para o norte, para obter o máximo de rendimento e maior retorno financeiro.

7. Quanto tempo demora uma instalação?

O tempo para instalar um sistema fotovoltaico varia de acordo com o local, (ex. telhado ou solo) e a quantidade de placas necessárias. Dependendo da quantidade, pode ser instalado em apenas dois dias. Lembrando que o sistema precisa ser homologado pela concessionária.

 Todo o processo desde a instalação e homologação pela concessionaria pode levar até 2 mêses.

8. Como funciona o sistema solar fotovoltaico?

Primeiramente a energia solar é transformada em energia elétrica pelas placas fotovoltaicas. A energia elétrica é gerada em corrente contínua nas placas, mas a energia que usamos é em corrente alternada. Então utiliza-se um inversor para transformar essa corrente elétrica em alternada. Após esta inversão, a energia elétrica se direciona para o “quadro de luz” para ser distribuída pela casa ou empresa e ser utilizada. O excedente se transforma em créditos e vai para a rede. Sendo o relógio bidirecional o responsável por essa troca entre energia elétrica e créditos.

9. Os sistemas conectados à rede usam baterias?

Não. Também conhecidos como sistemas “on-grid”, estes sistemas não utilizam baterias como é no caso dos sistemas “off-grid”. Ao invés disso utiliza-se do sistema de “net-metering”, onde há um câmbio de energia elétrica por créditos e vice-versa.

10. Quantos anos dura uma placa solar fotovoltaica?

Uma placa fotovoltaica tem uma durabilidade mínima de 25 anos com garantia e ainda funcionando com 80% de seu desempenho original ao final desse tempo.

11. Que tipo de proteção ao tempo (Granizo e raios) tem os painéis fotovoltaicos?

Os painéis fotovoltaicos fornecidos pela Legado energias, suportam a queda de granizo de diâmetro conforme a especificação do fabricante.

- São vedados, protegendo da umidade e da chuva.

- São aterrados, protegendo de sobrecargas da atmosfera.

- Ainda, as placas são submetidas à vários testes, principalmente a chuva de granizo. Os painéis solares fabricados dentro das normas internacionais (IEC61215) podem suportar pedras de granizo de 35mm viajando a 100 km/hora.

A velocidade no chão de uma tempestade de granizo com bolas de gelo de 1 centímetro de diâmetro é de 50 km/hora (esta é a velocidade mais rápida que um granizo deste tamanho pode viajar ao cair do céu).

12. Posso aquecer água?

O sistema fotovoltaico é utilizado para a geração de energia elétrica. Portanto, para aquecer água é necessário a utilização de algum equipamento elétrico, tal como chuveiro, torneira elétrica, aquecedor elétrico, etc.